Maternidades oferecem transmissão de parto pela web e berçário BBB

Por FABIANA FUTEMA

A escolha da maternidade pode ser a primeira das grandes decisões que uma grávida tem que tomar. Algumas mulheres não têm a chance de escolher, pois seus obstetras indicam o hospital em que realizam o parto e ponto final.

Para as que podem decidir, um bom começo é visitar as maternidades e pedir indicações a amigas, parentes e ao próprio obstetra.

O ginecologista e obstetra Renato Kalil, orienta a gestante a se informar sobre o acesso ao parto normal nas maternidades. “É preciso ter conforto na sala pré-parto.”

Para as que farão cesárea, Kalil afirma que é bom prestar atenção ao berçário e verificar se a maternidade conta com UTI neonatal. “Se acontecer algum problema, o local já está preparado para cuidar do bebê.”

Na hora de escolher, algumas grávidas também consideram a localização e hotelaria _algumas oferecem cardápio especial.

Para atrair as futuras mamães, as maternidades também oferecem pequenos mimos. A Pro Matre Paulista, Santa Joana, Santa Catarina e São Luiz dão bolsas com produtos de higiene para a mãe e bebê.

No Albert Einstein, as gestantes ganham uma bolsa com produtos para o bebê, almofada de amamentação e um brinde da Paola DaVinci.

Parto BBB

A verdade é que não conheço nenhuma mãe que escolheu a maternidade pelo brinde. Um diferencial que costuma interessar são aquelas salas de parto que possuem uma janela que fica transparente para que parentes e amigos vejam o nascimento do bebê. Pro Matre, Santa Joana e Albert Einstein contam com esses espaços.

Alguns hospitais oferecem o serviço de álbum do bebê na internet com imagens do recém-nascido. Acredito que em tempos de Facebook, Instagram e Twitter esse recurso já não faça tanto sucesso. Mesmo assim, esse serviço é cobrado em alguns hospitais.

O São Luiz coloca duas fotos do bebê gratuitamente na internet por 30 dias. O hospital também permite que o parto seja transmitido pela web, em tempo real, para pessoas autorizadas pelos pais _mediante o uso de senha.

A localização do berçário dentro da maternidade também é importante. Algumas possuem um berçário por andar.

Também é bom verificar como é o transporte do bebê até o quarto da mãe e o sistema de identificação do recém-nascido.

Há maternidades que dispõem de câmeras 24 horas por dia gravando seu bebê enquanto ele estiver no berçário. Assim, do quarto você pode ver se a criança está chorando ou dormindo.

E eu com isso?

Confesso que para mim não deu muito certo a possibilidade de ficar vendo o bebê no berçário pela TV. Nas poucas horas em que ele era levado para o berçário, em vez de aproveitar para dormir, eu ficava grudada na TV. E se ele começava a chorar, já ficava aflita e queria ir até lá socorrê-lo. Mal sabia eu que era só o começo…

A maioria dos planos de saúde dá cobertura para hospedagem nos apartamentos padrão. Mas há suítes maiores e com mais recursos _desde que você pague por elas. Consulte o preço de cada tipo nas maternidades que visitar.

Agora cabe a você e seu companheiro decidir o que é importante que a maternidade ofereça para seu parto e o bebê. A minha tinha essa janelinha que fica transparente na sala de cirurgia, mas o parto ocorreu às 3h de uma madrugada inesperada. Não deu tempo de avisar ninguém para compartilhar daquele momento.

Quando marquei minha cesárea, tentei escolher a data por indicadores esotéricos. Meu obstetra me avisou que não adiantava eu escolher muito, pois era o bebê quem decidiria quando nascer. Dito e feito: bolsa rompeu bem antes da data agendada.

Minha prima escolheu uma que tinha a tal janelinha, câmera 24 horas no berçário e era de fácil acesso para as visitas. Ela entrou em trabalho de parto no serviço e teve o bebê às pressas perto de seu emprego, bem longe de casa. Imprevistos ocorrem quando o assunto é bebê.

X