Creches fecham em dezembro e tumultuam agenda de mães que trabalham fora

Por FABIANA FUTEMA

O fechamento das creches e escolas infantis em dezembro tumultua a agenda das mães que trabalham fora. A maioria costuma encerrar as atividades entre o final da segunda e da terceira semana de dezembro. E só reabrirão em 6 de janeiro -cobrando uma taxa extra de curso de férias.

E como conciliar trabalho e cuidado com os filhos até lá? As que podem recorrem às avós, que cuidam de nossos filhos com todo amor e carinho sem cobrar nenhum centavo a mais por isso.

Mas nem sempre a agenda da avó bate com o período das férias escolares. A minha sogra, por exemplo, estará trabalhando neste período. E minha mãe mora em outra cidade. Tenho uma babá que me ajuda a cuidar do filhote enquanto trabalho.

A escola da filha da gerente comercial Fernanda Borges Fabrício, 32, fechou no último dia 13. Para ficar com Lavínia, de 2 anos, ela entrou em férias a partir de hoje. Mas durante uma semana ela precisou deixar a filha com a mãe para poder trabalhar.

“A última semana do ano foi complicada devido à correria no trabalho e ao tempo presa no trânsito para levar ela à casa da avó”, diz Fernanda.

As férias de Fernanda vão até 13 de janeiro, quando Lavínia voltará para o curso de férias da escola.

A gerente de projetos de TI, Fernanda Tormo, 36, também está se desdobrando para poder trabalhar durante as férias da filha. “Como trabalho em casa, tudo fica mais fácil, mas nunca tranquilo”, diz ela, mãe de Gabriela, de 2 anos. “Estou tentando cuidar da Gabi e do trabalho ao mesmo tempo. Está bem difícil.”

A escola da filha de Fernanda entrou em férias no dia 18 e voltará oficialmente no dia 30 de janeiro. Quem quiser, pode voltar antes, mas pagando curso de férias –duas semanas custarão o equivalente a 50% do valor da mensalidade.

Para curtir a filha, Fernanda vai tirar férias de 20 a 30 de janeiro. “A minha sorte é que a escola oferece curso de férias. Sei de muitas que não oferecem.”

A escola do meu também tem curso de férias. O meu empecilho é que o perueiro não vai trabalhar em janeiro –parou no último dia 18, mas cobrou a mensalidade cheia do mês. Mesmo sem trabalhar em janeiro, ele também cobrará a mensalidade do mês.

Para quem tem filhos mais velhos, há outras opções, como acampamento e oficinas com atividades culturais e lúdicas no período de férias. Mas os menorzinhos só podem participar de oficinas desse tipo acompanhados por um responsável.

E você, também tira férias com o filho? Conte para o Maternar

Se você tirou férias no mesmo período que o filho, aproveite muito!

Aproveite as férias para brincar muito com seus filhos (Foto: Schutterstock)
Aproveite as férias para brincar muito com seus filhos (Foto: Schutterstock)