Não tem com quem deixar os filhos nas férias? Confira as opções

Por Giovanna Balogh
Crianças fazem atividades com monitores na Casa do Brincar; espaços de recreação abrem durante as férias escolares (Foto: Divulgação)
Crianças fazem atividades  na Casa do Brincar; espaços abrem durante as férias  (Foto: Divulgação)

Nem sempre os pais conseguem conciliar as férias com a dos filhos. E com o fechamento das creches e escolas o jeito é improvisar para quem não pode contar com a mãe ou a sogra para cuidar das crias.

Para quem mora em São Paulo, é possível encontrar várias opções para deixar os pequenos com segurança enquanto você trabalha. O Maternar selecionou seis espaços recreativos que permitem aos pais deixar as crianças por um período ou apenas por algumas horas para fazer diversas atividades.

Nesses espaços as crianças têm brincadeiras e oficinas como música, pintura, culinária, entre outras. Os pais podem optar por pacotes de horas ou de períodos. A recomendação dos proprietários é que os interessados entrem em contato para discutir as melhores opções de pagamento mas, em média, o período de quatro horas varia de R$ 70 a R$ 100.

Também é possível optar pela criança lanchar e até almoçar nesses espaços de recreação. Em alguns locais, o lanche já está incluso no preço e em outros é cobrado separadamente. Muitos locais também permitem que a criança leve o próprio lanchinho.

A maioria desses espaços recreativos ficará aberta a partir do dia 6 de janeiro. Todas as casas ainda contam com vagas abertas.

Tomer Kopler, proprietário do Clubinho Pequeno Cientista, em Perdizes (zona oeste) diz que a demanda é grande nesta época do ano. “Ou são crianças que a escola fecha em janeiro e não dão alternativas para os pais. Outros pais preferem mandar os filhos aqui para terem um ambiente diferente nas férias”, comenta.

No Start, em Pinheiros, a assistente administrativa Alania Fernandes conta que muitas crianças vão até o espaço apenas para participar das oficinas. “É uma alternativa para quem não vai viajar e não quer deixar a criança o dia todo presa no apartamento olhando uma TV”, comenta. Lá, as crianças fazem brincadeiras com água, por exemplo, e das oficinais saem com brinquedos feitos por elas próprias.

A maioria desses espaços são casas espaçosas e arborizadas onde as crianças brincam no quintal como se estivessem na casa da avó. No Clubinho Pequeno Cientista, por exemplo, uma das atrações é uma família de coelhos que ficam junto com a garotada. Já na Familiarte, no Alto da Lapa, as crianças podem se pendurar nas árvores no quintal. No Start, as crianças contam ainda com uma horta usada na aula de jardinagem.

COPA DO MUNDO

Como nem todas as escolas fecharam o calendário de 2014  por conta da Copa do Mundo, os proprietários desses espaços já estão sentindo mudanças no período de maior demanda. Luciane Motta, uma das proprietárias da Casa do Brincar, em Pinheiros (zona oeste), diz que notou que o movimento será menor na última semana de janeiro pois algumas escolas decidiram antecipar a volta às aulas.

“Nos outros anos sempre tivemos movimento intenso em janeiro e fevereiro. Já sentimos diferença e, por isso, fizemos contratos menores com os funcionários temporários”, comenta. Segundo ela, além das férias de janeiro alguns pais já estão preocupados com os dias de jogos e com quem deixar os filhos.

A Folha mostrou que alguns dos tradicionais colégios de São Paulo vão manter as férias do meio de ano em julho. Com isso, a maior parte da Copa, que vai de 12 de junho a 13 de julho, será disputada durante o período letivo. A decisão é diferente da rede estadual de ensino, que antecipou o recesso para que coincida com o período dos jogos.

No Clubinho Pequeno Cientista, a procura pela época da Copa também já tem crescido. “Tem pais querendo saber a nossa programação para junho e julho mais até do que em janeiro”, conta o proprietário.

O único problema é que esses espaços normalmente aceitam apenas crianças sem pai ou responsável apenas com mais de dois anos, ou seja, quem tem um filho menor não encontra muitas alternativas a não ser recorrer a parentes ou pagar por uma babá extra.

CONFIRA AS OPÇÕES

1 – Casa do Brincar
Endereço: Rua Ferreira de Araújo, 388, Pinheiros
Telefone: (11) 3032-2323
Site:  http://www.casadobrincar.com.br

2 – Clubinho Pequeno Cientista

Endereço: Rua Ministro Gastão Mesquita, 492, Perdizes
Telefone: (11) 2591-8373
Site: http://www.clubinhopequenocientista.com.br/

3 – Familiarte
Endereço: Rua Sales Júnior, 470, Alto da Lapa
Telefone: (11) 3642-1706
Site: http://www.familiarte.com.br/

4 – Mamusca
Endereço: Rua Joaquim Antunes, 778, Pinheiros
Telefone (11) 2362-9303
Site: http://www.mamusca.com.br/

5 – Passatempo
Endereço: Rua Otávio Tarquínio de Souza, 1.269, Campo Belo
Telefone (11) 5042-2720
Site: http://www.opassatempo.com.br/

6 – Start
Endereço: Rua dos Macunis, 180, Pinheiros
Telefone: (11) 3097-8406
Site: http://www.startarte.com.br