Publicidade

Maternar

Dilemas maternos e a vida além das fraldas

Perfil Fabiana Futema, mãe de Kazuo, e Giovanna Balogh, mãe de Bento e Vicente

Perfil completo

Dicas para montar uma lancheira saudável para seu filho

Por FABIANA FUTEMA
17/03/14 11:55
Evite a cantina da escola e prepare em casa o lanche do filho (Foto: Schutterstock)

Evite a cantina da escola e prepare em casa o lanche do filho (Foto: Schutterstock)

O filho entrou na escola e você não sabe o que colocar na lancheira? Você não é a única a ter essa dúvida. A escola do meu filho oferece todas as refeições. Mas quando estava pesquisando colégios, me deparei com vários em que seria necessário enviar o lanche da tarde.

Entre as dúvidas que habitam a mente de uma mãe estão desde o que mandar e como levar, além da preocupação com qualidade e durabilidade do alimento.

Rosana Perin, nutricionista do Movimento Comer Bem é Tudo de Bom, diz que os pais precisam lembrar que o lanche serve para repor a energia do filho no intervalo das aulas. Por isso, a lancheira precisa ter alimentos que forneçam energia, como biscoitos, bolos caseiros, pães. “Prefira as versões com farinhas integrais”, diz ela.

Ela também recomenda que as lancheiras contenham uma porção de frutas e um líquido, como suco, leite ou iogurte.

Para a nutricionista, as crianças, principalmente as menorzinhas, não devem comer nas cantinas escolares. Para eles, é sempre melhor levar o lanche de casa. Já a nutricionista Suzy Graff, da Nutrikds, diz que as escolas e cantinas hoje já estão mais preocupadas com a qualidade dos alimentos que servem para as crianças.

Fabiolla Duarte, do Colher de Pau – Introdução de Alimentos Sólidos para Bebês, diz que a lancheira saudável precisa ser simples.

“Mas não vai dar certo se em casa a alimentação não for saudável. A lancheira é só uma continuação da mesa familiar.”

Rosana Perin também compartilha desse pensamento. “A alimentação da criança é reflexo do que os pais comem em casa. Não adianta pedir para o filho não tomar refrigerante se você continuar bebendo.”

Fabiolla sugere que os pais incluam frutas secas, castanhas e sementes cruas e torradas na lancheira. Outra dica é colocar cenouras cruas ou cozidas em palitos na lancheira.

Para os sucos, ela sugere a substituição da água por água de coco e a utilização de garrafas térmicas.

Conservação

Uma das minhas preocupações é com a conservação dos alimentos, principalmente porque tivemos dias muito quentes nos últimos meses.

Tanto Fabiolla quanto Rosana sugerem a utilização de lancheiras térmicas para ajudar a conservar o alimento por mais tempo. “Eu uso lancheira térmicas quando saio longas horas com meu filho. Uso gelinhos se o conteúdo é frio e se for quente ou temperatura ambiente, eu uso umeboshi (ameixa japonesa em conserva altamente alcalina), afirma Fabiolla.

Para o transporte de bebidas, elas recomendam garrafas térmicas. Apesar das críticas à qualidade nutricional desse tipo de bebida, Rosana admite que os sucos e leites de caixinha são fáceis para transportar, além de não correrem o risco de azedar ao longo do dia.

O Movimento Comer Bem também alerta para o material da lancheira, que deve ser de fácil para permitir uma higienização diária.

Outro cuidado é com a forma de embalar os lanches. Os alimentos nunca devem ter contato direto com a lancheira. Devem ficar dentro de potes ou enrolados em papel filme, alumínio ou mesmo em guardanapos.

Como incentivar a criança a comer comidas saudáveis?

Fabiolla diz que não acredita em estratégias para deixar a comida mais atraente para a criança. “Comida atraente é aquela que a criança come em casa. É a comida que se come na companhia de quem se ama.”

Para Fabiolla, a criança vai gostar da comida da lancheira se souber que foi feita pela mãe ou seu cuidador.

“Crianças costumam gostar de pegar na mão comidas em formatos geométricos, como retângulos, quadrados, triângulos, círculos, pequenos, grandes, médios. E coloridos. A lancheira deve ser colorida e divertida.”, afirma ela.

Dicas de recheios saudáveis para sanduíches

Rosana diz que os pais devem tomar cuidado com o uso de requeijão e maionese nos lanches, pois podem estragar. Uma boa substituição é a pasta de ricota.

Fabiolla fez uma lista de sugestões de recheios para a montagem de sanduíches saudáveis.

Aqui vai a lista dela:

Ricota com iogurte e zatar;

Tahine com missô;

Pasta de amendoim com missô;

Patê de cenoura com azeite e sal;

Patê de tofu com cebolinha refogada ou nirá refogado;

Antepasto de abobrinha com alecrim ou orégano;

Patê de abóbora japonesa com missô;

Tahine ou pasta de amendoim com frutas secas levemente cozidas.

 

Faça lanches divertidos, ensina Fabiolla Duarte (Foto: Schutterstock)

Faça lanches divertidos, ensina Fabiolla Duarte (Foto: Schutterstock)

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Folha Shop