Bebê de 7 meses é deixado sozinho em carro trancado por 40 minutos

Por Giovanna Balogh

Um homem de 27 anos foi preso na tarde de segunda-feira (27) em Taubaté (140 km de São Paulo) após deixar um bebê de sete meses preso dentro do carro.

O veículo, segundo a PM, estava com os vidros fechados e a criança foi descoberta por um casal que passava pela rua Correa, na região central. O casal ouviu o choro da criança e tentou procurar o responsável por ela. De acordo com o Climatempo, a temperatura na tarde de ontem na cidade era de aproximadamente 28 ºC.

Ao ouvir o choro da criança, o casal tentou abrir o veículo que, por sorte, estava destravado. O bebê estava com a boca roxa e foi encaminhado para um pronto-socorro da cidade. Ele passa bem.

A PM foi acionada e localizou o pai da criança em uma LAN house localizada próximo ao local onde o carro estava estacionado. Ele deu entrada no local, segundo o registro do estabelecimento, 40 minutos antes de ser abordado pelos policiais.

O pai disse, segundo a PM, que foi até a LAN house imprimir uns documentos e que voltaria rápido para o carro. Segundo ele, o filho foi deixado no local porque dormia.

O pai da criança foi preso e vai responder por abandono de incapaz. Ele pagou a fiança no valor de um salário mínimo e foi solto.

O Conselho Tutelar foi acionado para analisar o caso e decidiu não tirar a guarda da criança da família.

Bebê com policial após ter ficado 40 minutos preso em carro (Foto: Divulgação/PM)
Bebê com policial após ter ficado 40 minutos preso em carro (Foto: Divulgação/PM)

OUTROS CASOS

Esse não é o primeiro caso de criança deixada no carro pelos pais. Em outras ocorrências, onde os pais esqueceram seus filhos nas cadeirinhas, as crianças não resistiram e morreram.

O caso mais recente foi em dezembro do ano passado quando um menino de dois anos morreu após  ficar cerca de cinco horas fechado dentro do carro do pai na avenida Filinto Muller, no bairro Quilombo, em Cuiabá (MT).

O pai afirmou à polícia que se confundiu com a rotina, indo para o trabalho e esquecendo a criança dentro do carro.

Em fevereiro do ano passado, um outro bebê de sete meses morreu após ter sido esquecido dentro de um carro em Divinópolis (a 120 km de Belo Horizonte).

O menino foi deixado  pelo pai em um Uno por cerca de seis horas no estacionamento de um supermercado, sob forte calor.

O pai foi para o supermercado trabalhar e se esqueceu de que deveria deixar o filho com a babá, segundo depoimento dele à polícia.