Em dias de calor escaldante, mãe que amamenta deve beber 3 litros de líquidos por dia

Por FABIANA FUTEMA

Os dias estão cada vez mais quentes e as mães que amamentam vez ou outra podem se perguntar se não devem oferecer água para o bebê. Se ele mamar exclusivamente no peito, não.

A coordenadora-técnica do Hospital Santa Joana,  Helenilce Costa Fiodi, diz que o primeiro leite que sai da mama é rico em água e mata a sede do  bebê.

A recomendação para os dias mais quentes é que as mães ofereçam mais vezes o peito ao bebê: a cada duas ou três horas ao menos, segundo ela. Outros pediatras orientam a oferta em livre demanda.

O cuidado com hidratação, segundo Helenilce, deve ser tomado pela mãe. Ela recomenda que as mães que amamentam ingiram ao menos 3 litros de líquidos por dia _incluindo água e sucos_, além de manter uma dieta rica em frutas, verduras e proteínas.

A médica pede que as mães observem a diurese do recém-nascido nos dias mais quentes. O ideal é que sejam realizadas de oito a dez trocas de fraldas por dia, que devem estar sempre encharcadas.

Para refrescar a criança, ela recomenda a utilização de roupas leves e de algodão. E que o ambiente onde ele estiver seja bem ventilado e, preferencialmente, mantido numa temperatura média de 26ºC.

A introdução da água na dieta do bebê deve ser prescrita pelo pediatra da criança.

Mães de bebê que mamam exclusivamente no peito devem beber 3 litros de líquidos por dia (Foto: Carin Araujo/SXC)
Mães de bebê que mamam exclusivamente no peito devem beber 3 litros de líquidos por dia (Foto: Carin Araujo/SXC)