Mãe diz que bebê foi trocado em maternidade de SP; hospital vai acompanhar o caso

Por FABIANA FUTEMA

blog636 (1)A autônoma Ana Paula Silveira diz que teve seu bebê foi trocado na maternidade Santa Joana, localizada no Paraíso, zona sul de São Paulo.

Ana Paula teve uma menina nesta quinta-feira. A troca foi percebida assim que o bebê foi trazido ao quarto. Em vez de uma menina, as enfermeiras trouxeram um garoto,que usava as roupas que a autônoma havia levado para vestir sua filha.

“Foram minutos de terror por não saber onde ou com quem estava a nossa princesa”, escreveu ela em seu perfil no Facebook.

Segundo ela, outra família bateu à sua porta depois de perceber que o bebê também havia sido trocado. “De repente surge uma mulher dizendo que o bebê da irmã tinha sido trocado por uma menina. Daí ligamos os fatos: ela trouxe a minha princesa que estava com as roupas do menino e com as pulseiras em nome de outra pessoa.”

Ela conta que o marido percebeu que o bebê entregue parecia diferente e pediu para enfermeira trocar a roupa. “Pensa agora num pai e numa mãe desesperados. Cadê a minha filha!!!!”

Em nota, o hospital informa que “instalou um comitê interno para acompanhar a apuração dos fatos relatados”.

“Ao mesmo tempo, o Hospital esclarece que conta com tecnologia avançada de controle neonatal e materno. Pelos procedimentos-padrões e recursos tecnológicos da maternidade, não seria possível que este evento confirmasse. Portanto, pelas normas de segurança em vigor na instituição é impossível que uma criança saia do hospital sem a presença de sua mãe biológica”, diz a nota oficial do Santa Joana.

Em seu perfil, a autônoma diz que as pulseiras de identificação dos bebês foram trocadas. “Fui distraída pela enfermeira dizendo que precisava trocar as pulseiras, pois na anterior o número do quarto estava errado.

Filha estava com roupa de menino, segundo casal (Arquivo Pessoal)
Filha estava com roupa de menino, segundo casal (Arquivo Pessoal)