Aviso em embalagem de esmalte gera confusão entre grávidas

Por FABIANA FUTEMA
Esmalte não contém chumbo, segundo a empresa (Foto: Paulinha Assalin)
Esmalte não contém chumbo, segundo a empresa (Foto: Paulinha Assalin)

Grávidas costumam ser bombardeadas por todo tipo de alerta, recomendação e proibição. Em tempos de informação em tempo real e grupos diversos nas redes sociais, fica cada vez mais difícil separar a verdade do mito.

Na semana passada, frequentadoras de grupos de gestantes e de aleitamento compartilharam um texto dizendo que grávidas estariam proibidas de usar o esmalte degradê da coleção Bruna Marquezine da empresa Ludurana.

O motivo, segundo esse texto, é que o esmalte conteria chumbo em sua fórmula, o que seria prejudicial para a saúde do bebê.

Depois de tantos boatos, a empresa acabou publicando uma nota em sua página no Facebook negando a presença de chumbo.

Segundo a Luduruna, há uma recomendação na embalagem de todos o esmaltes da empresa, e não apenas nesse da linha degradê, para que as grávidas não usem o produto “devido ao aumento da sensibilidade nessa fase, podendo ocorrer reações alérgicas, mais propensas nesse período”.

“A Ludurana esclarece que não há presença de chumbo ou de qualquer outro componente em sua fórmula que prejudique a saúde de mulheres grávidas ou em tratamento de qualquer doença”, informa a empresa no Facebook.

Diz ainda: “Sempre nos preocupamos com a saúde de nossas clientes. Fomos pioneira no lançamento de esmaltes 3 Free no Brasil, sem Formol, Tolueno e Dibutilftalato, substâncias que normalmente causam alergia. Mas, pode ocorrer alergia a outros componentes, por isso a recomendação. Ressaltamos ainda que o esmalte de efeito degradê está devidamente patenteado e regulamentado pela Anvisa”.

Frequentadoras de salões relatam que o esmalte é um sucesso e está em falta. O diferencial é que ao ser passado nas unhas, ele fica mais escuro na ponta.

Quando eu estava grávida, meu médico disse que eu podia fazer as unhas numa boa. A única recomendação era para fazer em um salão de confiança, que utilizasse material esterilizado. Também aconselhou evitar ficar em salões fechados ao lado de clientes que estivessem fazendo processos químicos mais agressivos, como progressiva, para não sentir o cheiro do produto.

Esmalte fica com a pontinha mais escura (Foto: Paulinha Assalin)
Esmalte fica com a pontinha mais escura (Foto: Paulinha Assalin)