Com 39 semanas de gravidez, musa fitness Bella Falconi planeja malhar até o último dia

Por FABIANA FUTEMA
Bella publicou vídeo em que aparece malhando (Reprodução/Instagram)
Bella publicou vídeo em que aparece malhando (Reprodução/Instagram)

A musa fitness Bella Falconi acaba de completar 39 semanas de gravidez. Mas nem por isso ela deixou de ir à academia.

Ela postou nesta segunda-feira um vídeo em que mostra uma sequência de exercícios na academia de tirar o fôlego dos mais sedentários.

A empresária diz que todas as suas atividades são acompanhadas por um personal especializado em gestantes.

“Eu me exercitei a gravidez toda, sempre monitorando os batimentos cardíacos, me hidratando muito, comendo bem, sempre acompanhada de um profissional e com a devida autorização médica”, afirmou ela.

Como ela já tinha bom preparo físico antes de engravidar e sua gestação não é de risco, Bella diz que teve o apoio da sua médica para continuar se exercitando. “Minha médica super me apoia e sempre me orientou a não parar, levando em consideração que eu já era muito ativa antes de engravidar.”

Graças a essa rotina, Bella diz que ganhou 11 kg nessas 39 semanas de gestação. “Me alimentei de maneira saudável durante a gravidez, mas também me permiti alguns escorregões, sem culpa! Tudo é uma questão de equilíbrio e moderação.”

Pelas fotos publicadas no Instagram, Bella parece ter dado poucas escorregadas na dieta. Seu lanche da tarde nesta segunda-feira era composto por maçã e uvas.

A musa, que tem 1,6 milhão de seguidores no Instagram, diz que planeja se exercitar até o dia de dar à luz. “Pretendo me exercitar até o último dia, desde que eu esteja me sentindo bem.”

PARTO NORMAL

Bella diz que pretende ter um parto normal. “Quero parto normal!!! Cesárea só em último caso, caso de urgência. Obviamente que se houver algum fator ou circunstância que sejam impeditivos ao parto normal, não terei outra opção a não ser aceitar a cesárea. Mas essa jamais será minha primeira opção.”

A empresária afirma que a bebê, que se chamará Vicky, já está ‘encaixada’. “Tudo indica que conseguirei ter um parto normal tranquilo! Ela está encaixada e já estou com dilatação. Agora está nas mãos de Deus!”

Ela diz que seu sonho é amamentar a filha. “Sonho em viver esse momento tão intenso e único com minha filha. Peço a Deus que me dê forças e muito leite!”

Enquanto Vicky não chega, Bella continua tocando sua rotina, inclusive dirigindo. “Não tenho dirigido pra longe, só da academia pra casa. Tenho medo de a bolsa estourar ou ter contrações sozinha no carro.”

X

O QUE DIZEM OS MÉDICOS

Lucas Rebelo, ginecologista do Hospital e Maternidade Santa Brígida, de Curitiba (PR), diz que as mulheres não devem ter receio de praticar atividade física só porque engravidaram.

Segundo o médico, a prática é traz benefícios para o pré e pós-parto da mulher. “A mãe se sentirá melhor, poderá melhorar a postura, a respiração e a circulação sanguínea, além de fortalecer a musculatura pélvica, o que certamente ajuda na hora do parto.”

Apesar dos benefícios, cada gestação é única. Somente seu médico poderá dizer se você tem condição de continuar se exercitando. Mulheres com gravidez de alto risco, por exemplo, chegam a receber recomendações para ficar em repouso na gestação.

Segundo reportagem da Folha, os obstetras recomendam que as grávidas monitorem os batimentos durante o exercício como forma de avaliar a intensidade da atividade física.

Outra possibilidade é utilizar a escala de Borg, que divide a atividade física entre os níveis 6 (repouso) e 20 (máximo esforço).