Mãe do menino que ‘Jesus mandou dar Nescau’ diz que hora da refeição é um drama

Por FABIANA FUTEMA
Menino Davi prefere tomar Nescau a almoçar ou jantar (Reprodução)
Menino Davi prefere tomar Nescau a almoçar ou jantar (Reprodução)

O menino Davi tem quase 3 anos e dá um trabalhão aos pais na hora das refeições. Em vez de comida, o garoto gosta mesmo é de tomar leite com chocolate em pó.

A relação do menino com os alimentos viralizou na internet depois dele aparecer em vídeo dizendo que foi ‘Jesus que mandou dar Nescau’.

No vídeo, é possível ver a mãe  argumentando ao dizer que ‘Jesus mandou dar papá também’. Com lágrimas nos olhos, Davi diz que está sendo enganado.

Desde que foi publicado em um perfil do Facebook, o vídeo foi visto mais de 6 milhões de vezes, além de ser reproduzido por outros sites e canais de YouTube.

A mãe de Davi, a dona de casa Ana Carolina Correa, 28, diz que o vídeo ilustra uma situação recorrente na casa dela. “Ele não gosta de comer. Leva quase 1 hora para comer em toda refeição. Fica um tempão para mastigar uma colher de comida.”

Preocupada com a dificuldade do garoto, a dona de casa procurou a ajuda de um nutricionista. Segundo ela, as orientações ajudaram um pouco, pois houve uma época em que Davi não queria comer nada, só aceitava leite.

“O nutricionista orientou a não fazer drama. Se ele não quisesse comer, era para guardar o prato e oferecer depois. Para ir oferecendo a cada 30 minutos até ele sentir fome. Só que agora, como ele vai para a escola à tarde, tem hora para almoçar”, diz a mãe.

Uma das dicas dos nutricionistas é que a família coma junto na hora das refeições. Ela, o marido e Davi conseguem comer juntos à noite, no horário do jantar. E mesmo assim ele costuma recusar a comida.

Carol diz que a relação de Davi com os alimentos só muda quando ele está com outras crianças. “Aí parece outro menino. Se tiver outras crianças, ele come bem melhor.”

Moradora de Macaé (RJ), Carol diz que não esperava que o vídeo fosse fazer tanto sucesso na internet. Bombou tanto que o garoto já foi até reconhecido na fila do supermercado como o garoto do Nescau.

Veja abaixo:

O QUE OS PAIS DEVEM FAZER?

Nutricionistas e especialistas em comportamento alimentar dizem que os pais não devem forçar o filho a comer. E também não barganhar com ele a comida.

“Se você disser que ele ganhará a sobremesa por comer tudo, a sobremesa se transformará em um prêmio. E com isso, ficará num patamar superior ao da refeição”, diz Fabiolla Duarte, consultora em comportamento alimentar.

Segundo ela, a primeira coisa que os pais precisam fazer é tentar entender o motivo que leva o filho a rejeitar a comida. “Existem muitos motivos envolvidos na recusa, cada caso é um caso. Em geral, crianças que rejeitam associam a comida a algo chato e sem gosto.”

E o que os pais podem fazer para mudar essa situação? Fabiolla recomenda uma reforma de hábitos de toda a família, não só da criança. “A família não pode separar a comida da criança do restante da casa. Todos devem comer a mesma refeição, que deve ser saudável, caseira, natural, saborosa.”

A nutricionista e pesquisadora da Faculdade de Saúde Pública da USP, Viviane Laudelino Vieira,  aconselha que a família toda se sente junto à mesa para comer. “Se a família tende a não comer reunida e, também, se os outros membros da família não comem os alimentos que querem que a criança coma, a chance dela recusar alimentos será maior.”