Jundiaí ganha lei que garante presença de doulas em maternidades

Por FABIANA FUTEMA
A doula Maiana Kokila ajuda a fotógrafa Ludy Siqueira em seu trabalho de parto (Arquivo Pessoal)
Em Salvador, a doula Maiana Kokila ajuda a fotógrafa Ludy Siqueira em seu trabalho de parto (Arquivo Pessoal)

O prefeito de Jundiaí, Pedro Bigardi, sancionou lei que garante a presença de doulas em hospitais públicos e privados da cidade.

De autoria do vereador Paulo Malerba (PT), a lei foi aprovada em no começo do mês passado na Câmara e sancionado no Diário Oficial do dia 30 de setembro.
De acordo com o texto aprovado, as gestantes poderão ser acompanhadas de doulas em todas as fases do parto sem perder o direito ao acompanhante.

Os hospitais não poderão cobrar nenhuma taxa pela presença da doula. As instituições que descumprirem a lei estarão sujeitas ao pagamento de multas que variam de R$ 1.000 a R$ 20 mil, em caso de reincidência.