Fotógrafa faz ensaio de ‘amamentação real’ e diz que foto retocada não ajuda mulheres

Por FABIANA FUTEMA
Autorretrato de Suzie amamentando o filho Xavier ao lado do filho Maximiliano
Autorretrato de Suzie amamentando o filho Xavier ao lado do filho Maximiliano (Crédito: Suzie Blake)

Esqueça imagens de mulheres maquiadas, com cabelos escovados e lindamente vestidas mostrando como é bonito amamentar um bebê. O que a fotógrafa australiana Suzie Blake quer mostrar são ‘mães reais’ dando de mamar aos filhos.

Em seu ensaio, as mulheres estão descabeladas, algumas nitidamente cansadas, e amamentam seus bebês em casas bagunçadas. Algumas estão sozinhas. Outras acompanhadas de filhos mais velhos.

Outra diferença marcante é que as mães do ensaio “Como é a amamentação na prática?” olham diretamente para a câmera da fotógrafa.

“Eu estava cansado de ver imagens que não conseguem mostrar a realidade da amamentação para a maioria das mulheres. Este projeto tem o objetivo de mostrar a amamentação em toda sua bela confusão”, diz Suzie.

E o que é amamentação real para Suzie? “São fotos sobre leite vazando e cabelos ensebados. É sobre atender aos pedidos do filho de 2 anos enquanto tenta amamentar o recém-nascido. Sobre pratos empilhados na cozinha e roupas sujas espalhadas pelo chão. Sobre golfadas no ombro e brinquedos espalhados pelo chão.”

A artista afirma que postou no Facebook um autorretrato amamentando o filho mais novo, à época com 6 meses, para ver se outras mulheres estavam interessadas em ser fotografadas da mesma forma. “Recebi uma enxurrada de mensagens, Foi assim que o projeto começou.”

Segundo ela, fotos que mostram celebridades lindas e produzidas amamentando não incentivam o aleitamento. “Muitas mulheres não amamentam porque nunca viram outra amamentando de verdade. Uma imagem retocada e photoshopada de amamentação não é realista e representa mais um desafio para mulheres com dificuldade para amamentar. Essas mulheres precisam de imagens reais com quais possam se identificar.”

Suzie diz que gostaria que todas as pessoas reconhecessem a amamentação como um ato normal. “Somos uma espécie de mamíferos destinados a alimentar nossos bebês.  As mães precisam sentir-se apoiados pelos seus familiares, amigos e sociedade. Estamos todos juntos.”

X

OLHO NO OLHO

Em entrevista ao site ‘Crafted Sisterhood’, Suzie diz que a ideia de mostrar mães amamentando e olhando para a  ao observar a imagem de uma mãe de uma tribo etíope, que dava de mamar com um rifle amarrado ao corpo.

“Foi incrivelmente poderoso. Isso me fez pensar sobre a maneira como as mulheres de culturas tradicionais retratam a amamentação em relação às mulheres ocidentais. Um aspecto visivelmente diferente é que as mulheres dessas culturas são geralmente fotografadas olhando para a câmera, enquanto as mães ocidentais que amamentam são mostradas olhando para o bebê”, disse.

É por isso, segundo ela, que as mães de seu ensaio estão sempre olhando para a câmera. “Eu quero mostrá-las poderosas, como a mulher Mursi. Quero que o espectador saiba que a mulher está consentindo com a fotografia, que não foi um ato de voyeurismo.”

Ela conta que sua experiência de amamentação com o caçula Xavier foi totalmente diferente que teve com Maximiliano, o mais velho. Depois de amamentar Max por mais de 2 anos com muita facilidade, ela teve dificuldades com Xavier. “Acho que essas duas experiências diferentes me fieram ver que a amamentação pode ser fácil e difícil”, disse ao site.

Questionada pelo site que conselho ela daria para mães amamentando, ela respondeu: ‘Você consegue fazer isso’.

Veja o trabalho de Suzie em seu Tumblr http://whatdoesbreastfeedinglooklike.tumblr.com/ ou no Instagram @suzieblakeshoots.

Agora, ela realiza uma vaquinha virtual para conseguir recursos para um documentário sobre o tema. Clique aqui para entrar no site de doações.