A polêmica envolvendo Zuckerberg e a vacinação

Por FABIANA FUTEMA
Zuckerberg segura a filha Max no colo após vacina (Crédito: Reprodução/Facebook)
Zuckerberg segura a filha Max no colo após vacina (Crédito: Reprodução/Facebook)

O fundador e presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, acabou entrando na polêmica da vacinação ao publicar em seu perfil na rede social uma inocente foto segurando a filha Max no colo. O problema estava na legenda: ‘Visita ao médico – hora da vacina!’

Foi o que bastou para os grupos antivacinação criticarem Zuckerberg por levar a filha para vacinar.

Entre os comentários havia aqueles que mandavam o CEO do Facebook se informar melhor, pois as vacinas eram responsáveis por uma série de doenças, como deficit de atenção, autismo e asma. Outros diziam que ele injetava veneno na filha.

Vale lembrar SEMPRE que não existe nenhuma relação entre o autismo e a vacina contra o sarampo. O médico que difundiu essa tese foi desmentido e teve seu registro cassado (mas a lenda se perpetua, infelizmente).

Nos Estados Unidos, além do temor de contágio pela vacina, também há religiões contrárias à imunização.

Tanto que o Estado da Califórnia tem uma lei proibindo as famílias de usarem suas crenças para não vacinar os filhos. Quem deixar de vacinar ficará impedido de matricular o filho em creches ou escolas. A medida foi tomada após um surto de sarampo no Estado.

Muitos dos que comentaram o post de Zuckerberg elogiaram a defesa que ele faz da vacinação. “Obrigada por defender a vacinação, um dos mais importantes avanços para a humanidade”, escreveu um.

Em fevereiro de 2015, ao comentar o livro “On Immunity”, Zuckerberg” escreveu que “vacina funciona e é importante para a saúde de todos na sociedade”.

*

E o que a Manuela tem a ver com esse post aqui? O blog publicou um post sobre dicas para lidar com dores e febres causadas pelas vacinas nos bebês. E ouviu a deputada Manuela D’Ávila (PC do B), que contou como fez para amenizar as dores que a filha sentiu com as vacinas dos 4 meses.

Logo após a publicação, diversos leitores criticaram Manuela por se expor na reportagem. Foi o blog que a procurou, e não o contrário.

E no meio dos comentários desse post também havia críticas à vacinação, como no post de Zuckerberg.

coment