Hospital da zona leste de SP inaugura centro de parto normal

Por FABIANA FUTEMA
Quarto do centro de parto natural do Hospital Santo Antônio, administrado pela Beneficência Portuguesa (Divulgação)
Quarto do centro de parto normal do Hospital Santo Antônio, administrado pela Beneficência Portuguesa (Divulgação)

O Hospital Santo Antônio, localizado na Penha (zona leste de SP), inaugura nesta quinta (10) um centro de parto normal. Com quatro quartos, o novo centro atenderá as gestantes pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Para inaugurar esse setor, a Beneficência Portuguesa de São Paulo, que administra o Santo Antônio, investiu R$ 1 milhão por meio de uma parceria.

O setor de parto normal conta com banheiras em dois dos quartos, espaldar para alongamento, bolas suíças e iluminação indireta.

Segundo Kátia Kosorus, coordenadora da maternidade, o índice de parto normal já é elevado dentro do hospital. Dos cerca de 350 partos realizados mensalmente, de 70% a 75% são normais.

Kátia diz que a maternidade não usa mecanismos de indução do parto. Para isso, a internação só acontece quando a grávida está na fase ativa do trabalho de parto.

Dá para reservar uma sala para fazer parto normal lá? Não, o hospital trabalha com pacientes referenciados da Prefeitura de São Paulo.  O hospital já recebe grávidas de 26 UBS (Unidades Básicas de Saúde) para acompanhamento da gestação a partir da 36ª semana.

Mas se você chegar lá na porta em trabalho de parto será atendida? Kátia diz que sim, pois a maternidade trabalha com ‘as portas abertas’. “Recebemos pacientes de regiões bem distantes. Tem gente de Interlagos que vem nos procurar.”

No entanto, se a maternidade estiver lotada, a paciente pode ser transferida para outro local. “Devido à alta demanda, é comum termos superlotação”, diz Arnaldo.

Segundo ele, a inauguração do novo centro ampliará a capacidade de realizações de parto da maternidade. A expectativa é que o hospital possa realizar até 420 partos com a nova estrutura.

X