Passeios: Grupo mistura palhaçaria com bonecos em peças sobre universo infantil

Por FABIANA FUTEMA
O guarda-sol é quase um personagem da peça (Divulgação)
O guarda-sol é quase um personagem da peça (Divulgação)

Dois meninos vão passar o dia na praia. Para começar a diversão, eles precisam armar o guarda-sol. Só que essa tarefa pode ser mais complicada do que parece. Enquanto um abre, o outro fecha o guarda-sol. Um deles acaba prendendo a cabeça no objeto.

É dessa forma simples que começa ‘Guarda Zool’, da Cia Circo de Bonecos, que completa 15 anos com uma retrospectiva se seus melhores trabalhos no Teatro Alfa, na zona sul de São Paulo.

As crianças rolam de rir com as brincadeiras dos meninos-palhaços. Em um momento de revanchismo, eles fazem uma guerra de água e acaba sobrando até para a plateia.

Também há elementos do teatro de objetos na peça. Um balde e uma toalha engravatada se transformam em um boneco que dança ao som de ‘Singin In The Rain’.

A mostra da Cia Circo de Bonecos começou com ‘Circus’, em fevereiro, seguida por ‘Guarda-Zool’, que fez sua última apresentação no domingo (6).

A próxima peça da mostra é ‘Inzoonia’, que aborda as principais desculpas que as crianças dão na hora de dormir.

Quem já não ouviu o filho dizer que tinha fome, sede ou medo na hora de levá-lo para a cama?

Os bonecos contam pequenas e poéticas histórias sobre a falta de sono. A peça fica em cartaz de 12 a 20 de março.

SERVIÇO

ONDE: Teatro Alfa (Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722 – Santo Amaro, SP)

QUANTO: R$ 30,00 (inteira para adultos) e R$15,00 (meia para crianças, estudantes e maiores de 60 anos).

INDICAÇÃO ETÁRIA: a partir de 2 anos

Cena de 'Guarda-Zool' (Divulgação)
Cena de ‘Guarda-Zool’ (Divulgação)