Danilo Gentili é condenado a pagar R$ 200 mil a maior doadora de leite materno

Por FABIANA FUTEMA
Michelle e os filhos (Foto: Divulgação)
Michelle e os filhos (Foto: Divulgação)

A juíza Regina Célia de Albuquerque Maranhão, do Tribunal de Justiça de Pernambuco, condenou o apresentador Danilo Gentili a pagar uma indenização de R$ 200 mil por danos morais para a técnica de enfermagem Michelle Maximino.

Michelle, que chegou a ser conhecida como a maior doadora de leite materno do país, processou Gentili depois de ser comparada com o ator de filme pornô Kid Bengala.

“Em termos de doação de leite ela está quase alcançando o Kid Bengala”, ironizou ele em 2013, quando apresentava o programa ‘Agora é Tarde’, na Rede Bandeirantes.

Enquanto a foto de Michelle era exibida no programa sem sua autorização, o humorista Marcelo Mansfield fez outra brincadeira de mau gosto, dizendo que aquilo “não era uma espanhola, mas uma América Latina inteira”.

Depois desse episódio, Michelle passou a ser chamada de ‘vaca’ nas ruas da cidade de Quipapá, na zona da mata de Pernambuco.

Michelle, que conseguia retirar até 2 litros de leite por dia, acabou reduzindo sua produção de leite. No ano passado, seu marido escreveu ao Maternar contando que seu leite era suficiente apenas para a filha.

O Maternar não conseguiu localizar Gentili para comentar a decisão.  Michelle também não respondeu às ligações da reportagem.

Em seu despacho, a juíza afirma que o uso da imagem da enfermeira foi utilizada de “forma humilhante e degradante, causando conseqüências devastadora para a autora e sua família”.