Grávida pode dirigir? Veja dicas sobre direção segura na gestação

Por FABIANA FUTEMA
Grávida deve usar cinto de segurança de três pontos bem ajustado (Foto: Fernando Madeira/Fotolia)
Grávida deve usar cinto de segurança de três pontos bem ajustado (Foto: Fernando Madeira/Fotolia)

As grávidas não estão impedidas de dirigir. Mas tanto no começo como no fim da gestação pode haver restrições à direção. Na dúvida, pergunte para seu obstetra.

Segundo Edson Kayanuma, médico e supervisor de saúde da Ford, a regra geral é que a mulher pare de dirigir a partir do oitavo mês de gravidez, pois a barriga pode ter crescido o suficiente para ficar perto do volante.

“Em caso de colisão, há um risco maior de descolamento da placenta ou de indução ao parto prematuro”, diz.

No primeiro trimestre, de acordo com o médico, é mais mais comum a ocorrência de tonturas, náuseas, vômitos e sonolência na gravidez. Por isso, é aconselhável que a gestante não dirija se tiver um desses sintomas.

Enquanto estiver dirigindo, a mulher deve prestar atenção na forma como coloca o cinto de segurança. Elas devem usar o cinto de segurança de três pontos, mantendo a faixa inferior bem ajustada abaixo da barriga. “A faixa diagonal não deve ficar sobre a barriga, debaixo do braço ou da axila. Ela deve cruzar o meio do ombro, passar rente os seios e lateralmente ao abdômen.”

Kayanuma recomenda que as grávidas sempre deixem os telefones do obstetra e familiares em local de fácil acesso dentro do carro.

Se passar mal, deve parar o carro em local seguro e pedir ajuda por telefone. Se tiver de ir para o hospital, o médico aconselha que ela pegue um táxi ou outro meio de transporte individual.