Fotógrafa usa natureza para mostrar força e sensualidade de grávidas

Por FABIANA FUTEMA
Grávida em ensaio na cachoeira (Foto: Kalu Brum/Olhar Mamíifero)
Grávida em ensaio na cachoeira (Foto: Kalu Brum/Olhar Mamíifero)

 

Nos ensaios da fotógrafa Kalu Brum, 36, as grávidas aparecem poderosas e sensuais. Em vez de asas de anjo ou tops em cores neutras, ela sugere que as gestantes fiquem sem sutiã e fiquem livres para entrar em contato com a natureza.

“Eu sempre vi no parto uma relação direta entre sexualidade, poder e gestação. É um momento em que a mulher tem oportunidade de tomar posse de seu corpo, que vai se transformar na gestação”, diz ela.

E o contato com a natureza, segundo a fotógrafa, é o meio de reconectar a grávida com esse poder e sensualidade. “Muitas mulheres redescobrem nesse contato com a natureza a sexualidade que tinha se perdido na gestação. É uma forma bonita que se tem desde o início, para a mulher que se sente à vontade, de tomar posse do corpo e transformar a gestação não em algo frágil, mas em selvagem, selvagem no sentido de mulher que corre com os lobos, que se aproximar do seu feminino-selvagem.”

Esse estilo, segundo ela, se diferencia dos ensaios tradicionais de gestantes. “Em geral, a sociedade vê a grávida de forma infantilizada, até pela nomenclatura, passa a chamar de mãezinha. Ou a vê de forma idealizada, quase uma santidade ou algo não humano. Coloca asa de anjo na grávida, por exemplo.

O local escolhido para fazer os ensaios da grávida com a natureza é uma cachoeira perto da casa da fotógrafa. “Fica quase no quinta de casa, não é frequentada por ninguém.”

A inspiração para as fotos das grávidas poderosas veio do ensaio Natureza Mãe, em que Kalu reuniu mulheres de diversas idades e padrões corporais para tirar foto sem roupa na cachoeira.

“A intenção era mostrar  o quanto o corpo dessa mulher é pode ser algo que não seja dentro do padrão e retirar a conotação de sexualidade, que é a grande vilã das mulheres no pós-parto, quando amamentam, quando podem se sentir pouco valorizadas com seus corpos. A beleza é estar ali em harmonia com a natureza.”

O plano dela agora é fazer o ensaio natureza sábia, com mulheres mais velhas e seus corpos.

X