Biblioteca para bebês; conheça programa gratuito que incentiva contato entre crianças e livros

Por FABIANA FUTEMA
Pais leem livros para os filhos (Foto: Fabio Braga/Folhapress)
Pais leem livros para os filhos (Foto: Fabio Braga/Folhapress)

Você já leu para seu filho hoje? Ele já folheou um livro? O programa Bebelê, desenvolvido pelas Bibliotecas de São Paulo e Biblioteca Parque Villa-Lobos, apresenta o universo da literatura para crianças de 0 a 3 anos, mas as mais velhas também podem participar.

Além de ouvir histórias contadas por profissionais especializadas em narração, as crianças têm a chance de tocar, folhear, brincar com os livros.

“Permitir que as crianças toquem e folheiem os livros é muito importante para que possam criar um contato mais íntimo com as obras. É a partir deste momento que os livros começam a se tornar interessantes e elas adquirem gosto pela leitura”, diz Sueli Motta, diretora da Biblioteca de São Paulo.

Os benefícios da leitura para o desenvolvimento infantil já foi alvo de pesquisas. Segundo estudos do NICHD (National Institute of Child Health and Human Development), quanto mais cedo a criança for apresentada à leitura, mais benefícios ela terá. Esses benefícios incluem o aprimoramento de várias funções da linguagem, da memória, disciplina, atenção, raciocínio lógico e até a imaginação.

No ano passado, a SBP (Sociedade Brasileira de Pediatria) recomendou que os pediatras ‘receitassem’ livros para os pacientes de zero a seis anos. O objetivo é estimular o aumento das conexões cerebrais nos pequenos por meio da leitura feita a eles pelos pais ou por pessoas próximas.

COMO FUNCIONA O BEBELÊ

As atividades do Bebelê têm a duração de 45 minutos e trabalham uma ou mais capacidades, como vocabulário habilidade narrativa.

As contadoras usam livros-brinquedos, fantoches, tambores e músicas para interagir com os bebês e as crianças. O objetivo é mostrar aos pais que é possível repetir essa experiência em casa.

Ao final da leitura, os participantes podem levar emprestado um kit contendo dois livrinhos e um fantoche. Dessa forma, podem dar continuidade à brincadeira depois em casa. A participação no Bebelê é gratuita.

Estive com meu filho de 4 anos participando de uma dessas atividades. Ele praticamente se pendurou no pescoço das contadoras e queria ajudá-las a virar a página de todos os livros.

Além de músicas, elas empilharam dez cubos pintados com números e ilustrações.

Veja horários:

Biblioteca de São Paulo (Av. Cruzeiro do Sul, 2.630, ao lado da estação Carandiru do metrô) – sábados, das 11h às 11h45 e das 15h às 15h45

Biblioteca Parque Villa-Lobos (av. Queiroz Filho, 1.205, Alto de Pinheiros) – sábados e domingos, das 10h30 às 11h15

X