Aplicativo encontra babás para pais que não têm com quem deixar o filho

Por FABIANA FUTEMA
Luciana sau do Rio e veio morar em São Paulo com a filha Mariana (Arquivo Pessoal)
Luciana sau do Rio e veio morar em São Paulo com a filha Mariana (Arquivo Pessoal)

Imagine-se morando longe dos seus pais, amigos e parentes. Apenas você e seu filho.  E um belo dia você precisa ficar fora de casa e não tem com deixar o filho. Foi isso o que aconteceu com a biomédica carioca Luciana Fernandes, 25, mãe da Mariana, de 6 anos.

Morando há poucos meses em São Paulo, onde faz mestrado em biotecnologia na USP, ela montou uma agenda em que consegue passar as manhãs com a filha e à tarde, quando precisa estudar, manda a filha para a escola.

Só que Luciana teve  aula à noite e não conhecia ninguém que pudesse ficar com a filha. Ela recorreu então à busca do Google. “Procurei palavras como ‘babá por um dia’. Mas aí batia a insegurança por não ter referências. Aí encontrei o aplicativo e foi a melhor coisa que descobri nos últimos tempos. Não fico mais com medo de ter aula e não ter com quem deixar.”

O Click Babá ajuda os pais a encontrarem profissionais especializadas _professoras e enfermeiras_ para cuidar de seus filhos. Pelo aplicativo é possível checar o perfil de cada profissional e verificar a disponibilidade de horário dela.

Luciana diz que pediu ajuda da filha para escolher a babá. Ela ainda ligou para a empresa para tirar dúvidas sobre  serviço. “Isso me deu mais tranquilidade, pois entendi que as profissionais  tinham passado por um processo de seleção rigoroso”, firma a biomédica.

No dia combinado, segundo ela, a babá chegou um pouco antes e sua filha ficou super bem com ela. “Nós somos vegetarianas, eu tinha receio dela não comer nossa comida, por exemplo. Mas deu tudo certo.”

Luciana precisou uma segunda vez do serviço, quando teve aula um sábado inteiro. “Quando cheguei, ela tinha lido vários livros para minha filha, que adorou.”

Lançado em janeiro deste ano, o Click Babá tem 52 profissionais habilitadas a trabalharem como baby sitter. Desde então, 195 famílias utilizaram o serviço. Um dos requisitos para ser cadastrar no aplicativo, além da formação profissional como enfermeira ou professora,  é atuando na área.

“O objetivo é gerar renda extra, pois não será a renda principal da profissional. Então ela precisa estar trabalhando, não pode esta fora”, afirma Luciana Pereira, cofundadora da empresa.

Mãe das meninas Sophie, 6, e Amelie, 3, a empresária conta que o Click Babá surgiu da necessidade dela e do marido de ir ao cinema sem as filhas.

“Somos casados há 14 anos, temos duas filhas e nossas famílias não são de São Paulo. Decidimos criar um serviço que apoie pais e mães que como nós têm necessidades esporádicas de dar uma escapadinha para namorar, ir ao cinema ou mesmo cumprir um compromisso profissional, algo que pudesse ajudar”, afirma Luciana Pereira.

Primeiramente, a ideia era cadastrar somente professoras. “A ideia era que o serviço também agregasse algo para as crianças. Queríamos alguém que pudesse ajudar com a lição de casa contar histórias, oferecer outros estímulos. Não adianta só oferecer segurança, mas deixar m frente à TV o dia todo”, diz o cofundador da Click Babá, Taric Andrade.

A desenvolvedora do aplicativo sugeriu que o serviço também cadastrasse enfermeiras, que teriam mais experiência para cuidar de crianças com necessidades especiais. Hoje, os dois tipo de profissionais podem ser contratadas pelo aplicativo.

Taric diz que não são eles que precificam o serviço. Segundo ele, os valores variam de acordo com o perfil da profissional, quantidade de crianças e horas contratadas, por exemplo. “Elas competem entre si e competem com o mercado [na definição de valores].”

O custo do serviço, segundo ele, pode variar de R$ 20 a R$ 55 por hora. O pagamento é feito por cartão de crédito no aplicativo.

Por enquanto, o Click Babá funciona apenas em São Paulo. Mas os empresários planejam expandir a área de atuação do serviço.

Os empresários Luciana e Taric, criadores da Click Babá, com as filhas Amelie e Sophie (Arquivo Pessoal)
Os empresários Luciana e Taric, criadores da Click Babá, com as filhas Amelie e Sophie (Arquivo Pessoal)