Empresa coloca trocador em banheiro masculino de restaurantes

Por FABIANA FUTEMA
Um dos trocadores entregues pelo movimento Papai Manda Bem (Divulgação)
Um dos trocadores entregues pelo movimento Papai Manda Bem (Divulgação)

Já faz tempo que trocar fralda não é tarefa exclusiva das mães. O problema é que os papais nem sempre encontram trocadores nos banheiros masculinos dos locais que frequentam.

Para incentivar a divisão de tarefas entre pais e mães, a Bepantol lançou em agosto passado o movimento Papai Manda Bem, que prevê a entrega de trocadores para banheiros masculinos ou que tenham áreas comuns para ambos os sexos de estabelecimentos públicos de todo o Brasil. Hotéis, clubes e restaurantes já aderiram ao programa.

Os estabelecimentos interessados em participar não pagam nada. É preciso se cadastrar no site da empresa e enviar uma foto. Depois disso, a empresa analisa se o local é adequado e está dentro das regras do movimento. Depois que o pedido é aprovado, o trocador é entregue em até 60 dias.

A Bepantol cita estudo da Universidade do Estado de Ohio, dos EUA, que diz que as mulheres gastam 2 horas diárias com as atribuições básicas de cuidados com bebês, contra 40 minutos dos pais.

Museus de São Paulo também instalaram trocadores nos banheiros masculinos. O último a trazer os fraldários para o banheiro masculino foi o Museu Catavento, que instalou seis trocadores entre o fim de 2015 e o começo deste ano.

Também é possível trocar fralda nos banheiros masculinos da Casa das Rosas, Pinacoteca, MIS e Museu da Casa Brasileira.