Peça infanto-juvenil mostra o amor entre duas garotas; veja outras dicas

Por FABIANA FUTEMA
A Princesa e a Costureira (Foto: Alexandre Krug/ Divulgação )
A Princesa e a Costureira (Foto: Alexandre Krug/ Divulgação )

Quem disse que peça de princesa não pode abordar o amor entre duas meninas? Em “A Princesa e a Costureira”, a princesa Cíntia se apaixona pela costureira Ishtar.

Adaptação do livro homônimo da psicóloga e escritora Janaína Leslão, a peça conta a história da jovem princesa Cíntia, que está prometida em casamento para o príncipe do reino vizinho, Febo. Mesmo não o amando, ela se resigna a ter como companheiro de vida seu melhor amigo.

Durante os preparativos para a cerimônia, Cíntia conhece Isthar, a costureira responsável por confeccionar seu vestido de noiva.

Ao longo da encenação, os atores Erika Coracini, Marcio Ribeiro e Mariana Sancar se alternam na interpretação de todos os personagens, num jogo cênico que sugere a necessidade de nos colocarmos no lugar do outro para entender as diferentes formas de ser.

A peça está em cartaz até 4 de setembro, às 16h dos sábados e domingos, na Sala Jardel Filho do CCSP (Centro Cultural São Paulo).

Veja outras dicas abaixo:

O Flautista de Hamelin
O grupo Furunfunfum faz a releitura de uma história real, que aconteceu em 1284 em Hamelin, na Alemanha. A cidade sofria com uma incontrolável infestação de ratos que nem a população nem o governo conseguiam resolver. Um flautista misterioso surge e promete livrar a cidade desde que receba determinada quantia em dinheiro. Ele cumpre sua promessa, mas os governantes não. Para se vingar, o flautista decide então levar as crianças de Hamelin pela arte.
Onde: Sala B do Teatro Alfa: Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722 – Santo Amaro; Quando: sábados e domingos, às 17h30, até 25 de setembro. Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$15

O flautista leva embora as crianças da cidade (Divulgação)
O flautista leva embora as crianças da cidade (Divulgação)

Meu Amigo Inventor
Caterina, uma garotinha que vive sozinha e sem amigos, passa o dia inventando trecos e cacarecos. Um dia testa uma de suas maiores invenções e o improvável acontece. Leonardo Da Vinci, num inexplicável acontecimento quântico, é transportado para o futuro bem quando inventava e testava sua máquina de andar. Juntos, Leonardo e Caterina descobrem a importância da criação, da brincadeira, da persistência, do respeito e da amizade.
Onde: Sala B do Teatro Alfa: Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722 – Santo Amaro; Quando: sábados e domingos, às 16, até 2 de outubro Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$15

"Meu Amigo Inventor" (Divulgação)
“Meu Amigo Inventor” (Divulgação)

Sapecado
Espetáculo do repertório da Banda Mirim foi inspirado em memórias de uma infância no interior, onde a música rodeava tudo. A dupla que cantava o baile na igreja, o sanfoneiro pelo caminho e a era da rádio. História de mata cerrada, rio, bicho e noite escura.
O palco é a estrada da história onde há uma estação musical. Ora são as vacas e os sapos num namoro com fox-trote no brejo, ora, é o desafio e o repente entre a Benzedeira e o Coisa Ruim no mato fechado. No cenário, elementos como a palha e o pano de chita dão o tom caipira da história.
O texto permite o contato e a descoberta de crianças e jovens com o mundo caipira.
Onde: Sesc Belenzinho (R. Padre Adelino, 1000); Quando (dias 20 e 21). Ingressos: de R$ 6 a R$ 20