Crianças aprendem brincando; veja dicas para fazer com os filhos

Por FABIANA FUTEMA
Crianças se divertem em um dos eventos do Slowkids (Divulgação)
Crianças se divertem em um dos eventos do Slowkids (Divulgação)

Brincar não é um tempo desperdiçado pelas crianças e suas famílias. Especialistas dizem que brincar é essencial para o desenvolvimento infantil, pois elas aprendem durante a brincadeira.

“Estudos acadêmicos mostram que o brincar é natural e é o modo primário com o qual as crianças aprendem. É essencial para o crescimento saudável e desenvolvimento da criança, especialmente durante os períodos de rápido desenvolvimento do cérebro”, afirma o especialista em educação Sir Ken Robinson.

Ele é presidente do comitê do Dia de Aprender Brincando, iniciativa global que acontece pela primeira vez no Brasil nesta quinta (6).

A proposta da ação é que as escolas abram espaço em programação normal para um momento fora da sala de aula.

“A brincadeira é muitas vezes encarada como um momento ocioso e sem utilidade. Como consequência desse descaso, há um crescimento e uma alarmante tendência à redução do tempo para o brincar livre na rotina infantil, tanto nas escolas quanto em casa”, diz Robison.

Brincadeiras também ensinam habilidades fundamentais para o futuro dos pequenos, como resiliência, trabalho em grupo, liderança, criatividade e habilidades motoras.

“Muitas vezes os pais acreditam que nada está acontecendo enquanto seu filho brinca, que é só um tempo livre, mas na verdade essa atividade é essencial para o desenvolvimento, é natural do ser humano brincar, ele já nasce para fazer isso”, diz Priscila Cruz, presidente executiva do Todos Pela Educação.

“O brincar é uma preparação para a educação formal, ele desenvolve habilidades mentais e motoras que a criança precisará na hora da alfabetização.”

A iniciativa é promovida  no país pela Cidade Escola Aprendiz, com o apoio de OMO, a partir do movimento #LivreParaDescobrir.

Roberta Tasselli, Gestora da Frente de Comunicação para o Desenvolvimento da Cidade Escola Aprendiz, diz que qualquer pessoa pode participar da iniciativa.

E qual foi a última vez que você brincou ao ar livre com seu filho? O livro “Tempo Junto”, de Patrícia Marinho, publicado pela editora Matrix, ensina 100 brincadeiras para fazer com os filhos.  Ela propõe diferentes formas de brincar, de acordo com a faixa etária da criança.

Veja abaixo  sugestões de brincadeira do livro:

Boliche de garrafas
“Quando você tiver reunido pelo menos cinco garrafas [PET], pinte cada uma com números de 1 a 5. […] Quando as bolas estiverem prontas, basta arrumá-las, conseguir uma bola pequena e pronto”.

Giz na calçada (para os pequenos)
“Estimule a coordenação motora grossa fazendo um circuito de tarefas com o giz na calçada. Escreva comandos, como ‘pule num pé só’, ‘dê um giro’, ‘dê três pulos’ ou ‘imite um gato’”.

Guerra de bexiga (para os menores)
“Finja que a bexiga é uma batata e brinque de batata quente. Reúna as crianças em um círculo e brinque de passar a bexiga para o jogador ao lado, bem rápido, sem deixar cair”.

X

Acompanhe o Maternar no Facebook

Acompanhe o Maternar no Instagram