Folha realiza debate sobre como falar de HPV com adolescentes

Por FABIANA FUTEMA

A Folha realizará nesta terça, 29 de novembro, o debate “Adolescência: como falar de HPV”. O objetivo é falar sobre esse tema tão delicado e discutir como pediatras podem melhorar a comunicação entre os jovens pacientes e seus pais. Qual o papel da escola?

Participam do debate Albertina Duarte, coordenadora do setor de ginecologia do Hospital das Clínicas, da infectologista Rosana Richtmann, do hospital e maternidade Santa Joana, do psiquiatra Saulo Ciasca e dos atores Julia Dalavia, 19 (a Mayara de “Justiça” e a Maria Tereza, de “Velho Chico”) e Ruy Brissac (o Dinho de “Mamonas, O Musical”).

O evento, que tem o apoio do laboratório MSD, acontece às 14h, no Teatro Folha, no shopping Pátio Higienópolis (r. Dr. Veiga Filho, 133).

Para fazer a inscrição, que é gratuita, acesse o site: http://uol.com/bpjVyL Escolas interessadas em levar grupos de estudantes devem escrever para fernanda.nagatomi@grupofolha.com.br.

A vacina contra o HPV (vírus do papiloma humano) não está obtendo a adesão esperada. Na primeira dose, o alcance foi alto, com 76% das meninas brasileiras de 9 a 13 anos vacinadas, mas o número caiu bastante na segunda dose (48%). Para fazer efeito, duas ou três doses da vacina precisam ser aplicadas.