Mulher exibe marcas na barriga e diz que ‘ninguém fala sobre lado negro da maternidade’

Por FABIANA FUTEMA
Alexandra exibe marcas da gravidez na barriga (Fonte: Instagram?@alexandrabrea)
Alexandra exibe marcas da gravidez na barriga (Fonte: Instagram/@alexandrabrea)

Mãe de duas crianças, a americana Alexandra Kilmurray, 23, decidiu mostrar como ficou sua barriga após o segundo parto. Em vez de uma barriga sarada e cheia de gominhos, como as famosas costumam mostrar, o abdômen de Alexandra aparece flácido e com marcas de estria.

Por que ela decidiu expor sua barriga no Instagram? “Demorou 18 meses para chegar aqui, 18 meses para não chorar quando me olho espeço, 18 meses para voltar a me sentir bonita na minha própria pele de novo” escreveu em post que já recebeu mais de 5.000 curtidas.

Mãe de dois meninos, um de 18 meses e outro de 5 meses, Alexandra diz que “ninguém avisa sobre esse lado da maternidade e da gravidez”. “Ninguém se preocupa em te explicar as mudanças físicas e mentais no momento em que você se vê mãe”.

“Quero aplaudir vocês que estão lutando contra a depressão pós-parto e mesmo assim se levantam por seus filhos. Saúdo vocês que seguem chorando pelas marcas que a gravidez deixou em seus corpos. Celebremos a maternidade, quero animá-las, pois tudo passará”, escreveu.

Por e-mail, Alexandra disse ao Maternar que a maternidade mudou sua vida complemente. “Minha primeira responsabilidade não é mais comigo e sim com meus filhos. A gravidez mudou meu corpo, eu ganhei centenas de estrias por toda parte. Minha vida consiste em amar meus filhos. Esse é meu trabalho 24 horas por dia, 7 dias por semana.”

Ela começou a escrever sobre depressão pós-parto e maternidade real em um blog. “É muito importante para as outras mães saberem que não estão sozinhas, estou ali com elas. Escrevo sobre depressão pós-parto porque ainda não se falou o suficiente sobre isso. Quero que as outras mulheres se sintam confortáveis falando sobre as mudanças da gravidez, sobre seus corpos e sobre a depressão”, afirmou ela por e-mail ao Maternar.

Você também ficou com marcas da gravidez? Conte seu caso para o Maternar

Siga o Maternar no Instagram

Siga o Maternar no Facebook