Bloquinho para mães e bebês vai cantar as dores e delícias da maternidade no Carnaval

Por FABIANA FUTEMA
Foto do desfile do ano passado
Foto do desfile do ano passado/@Isa Luciana

Criado por um grupo de mães que queria brincar o Carnaval ao lado de seus bebês, o bloquinho Tindôtetê vai desfilar pelo 2º ano consecutivo em São Paulo. Desta vez, o tema do bloquinho será a maternidade real. No ano passado, o Tindôtetê cantou sobre amamentação prolongada e livre demanda.

Para conseguir dinheiro para a organização do desfile, o Tindôtetê abriu uma conta em uma página de financiamento coletivo. O prazo para doações se encerra na terça (24), mas o bloquinho já bateu a meta, que era arrecadar R$ 3.000.

O dinheiro será usado para pagar a bateria, o clicosonoro, distribuir bexigas para as crianças e produzir ventarolas com a letra da marchinha deste ano.

O bloquinho foi idealizado por Ana Carolina Cintra e Dani Sá, duas mães, que até então não se conheciam, mas que expressaram a ideia para a pediatra que tinham em comum. A pediatra colocou-as em contato uma com a outra e assim surgiu  o Tindôtetê.

“Levantamos a bandeira da criação com apego, da amamentação prolongada, da cama compartilhada, da alimentação saudável. Falamos com um público que até então não tinha representação no Carnaval”, diz a publicitária Ana Carolina, 33, mãe da Cecília.

O desfile deste ano está marcado para 18 de fevereiro, a partir das 13h, na praça Rotary da rua Major Sertório, no centro de São Paulo (veja abaixo).